Terceira faixa: mais quatro quilômetros serão liberados no sábado (13)

Ampliação da pista Norte, reivindicação da Prefeitura de Palhoça, está na reta final e deve ser concluída antes da temporada de verão

O pleito da Prefeitura de Palhoça, que buscou na Justiça a determinação para que uma terceira faixa fosse construída na pista Norte da BR-101, na Grande Florianópolis, deve ser atendido integralmente antes mesmo do início da temporada de verão. Neste sábado (13), a concessionária responsável pela obra libera um novo trecho ampliado, de quatro quilômetros, entre o Km 214 (após a ponte sobre o rio Passa Vinte, próximo à Praça das Bandeiras) e o Km 210 (Continente Shopping).

Com mais esta liberação, 14 dos 15,6 quilômetros previstos para a ampliação já estarão em operação – vale ressaltar que a passagem da BR-101 pela ponte sobre o rio Maruim já está liberada em duas pistas, como era antes da ampliação. “Essa é uma importante conquista, não só para Palhoça, mas para toda a região, especialmente para quem trafega pela rodovia e sabe da dificuldade que é. Sigo, também, acompanhando, cobrando e fiscalizando a execução dessa importante obra para todos os palhocenses”, comemora o prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia.

O prefeito Eduardo sempre se mostrou disposto a atuar para melhorar a mobilidade urbana da região. Tanto que uma de suas primeiras ações como chefe do Executivo palhocense foi justamente uma reunião com representantes da Arteris Litoral Sul, concessionária responsável pela manutenção do trecho da rodovia federal que corta Palhoça.

Uma luta que iniciou na gestão do então prefeito Camilo Martins, que ajuizou a Ação Civil Pública 5002932-88.2019.4.04.7200/SC, na Justiça Federal, contra a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Arteris Litoral Sul, em fevereiro de 2019, e participou ativamente de todas as negociações que culminaram com a decisão judicial favorável e a determinação para o início das obras, que começaram em fevereiro deste ano. “Foi preciso muita coragem para acionar a Justiça naquele momento, mas nós sabíamos que precisávamos tomar alguma medida, não poderíamos simplesmente cruzar os braços e esperar as coisas acontecerem. Hoje estamos aqui, colhendo os frutos da nossa ousadia. Vamos continuar monitorando a situação, buscando, sempre, soluções para melhorar a mobilidade urbana e levar qualidade de vida para a população de Palhoça”, pondera Camilo Martins.

Ao longo desses quatro novos quilômetros liberados, foram realizadas atividades de pavimentação, sinalização, instalação de barreiras e readequação de cinco acessos. Além disso, também foi reformada a ponte sobre o rio Maruim, construída originalmente há mais de 50 anos e que precisou ser reestruturada, com ampliação da largura do tabuleiro para comportar três faixas.

Com isso, a partir de agora, os cerca de 100 mil motoristas que trafegam diariamente pela pista Norte passam a contar com três faixas de operação no sentido capital, com maior fluidez, segurança e conforto. O projeto implantado traz, inclusive, melhor dinâmica para os movimentos de entrada e saída entre a rodovia e a via marginal, segundo a concessionária.

A obra da terceira faixa

A construção da terceira faixa é uma obra realizada pela Arteris Litoral Sul, com investimento total de R$ 53,2 milhões. São 15,6 novos quilômetros entre o trevo da BR-282 em Palhoça (Km 216) e o Hotel Golden em São José (Km 200,4). Além da implantação da nova faixa, a obra inclui ainda a ampliação das pontes sobre os rios Maruim e Passa Vinte e a readequação de 23 acessos.

Com mais essa liberação, agora falta apenas 1,6 quilômetro para conclusão da obra – no trecho entre o trevo com a BR-282 e a ponte sobre o rio Passa Vinte. A previsão é a de que esse último segmento seja liberado até a primeira semana de dezembro, disponibilizando todo o trecho ampliado antes da temporada de verão.

(FOTO: DIVULGAÇÃO/ARTERIS)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*