Como escolher o melhor investimento em tempos de Taxa Selic a 12,75% a.a.

Entender como os investimentos em Renda Fixa e Renda Variável se comportam com a Taxa Selic em alta é fundamental para conquistar os melhores rendimentos.

A Taxa Selic passou de 2% ao ano em 2020, para 12,75% ao ano, em maio deste ano. O ciclo de aumento da taxa iniciou em março de 2021 e, desde então, passa por uma escalada, com perspectivas de aumento até o final de 2022. Segundo projeções pode fechar o ano a 13,25%. Este cenário tem contribuído para que os investidores avaliem suas aplicações entre a Renda Fixa e a Variável. Antes de mais nada, é interessante entender as peculiaridades de cada modalidade.

Renda Fixa x Renda Variável

Seja Renda Fixa ou Variável, cada um desses investimentos possui seus rendimentos, características e riscos. A Renda Fixa é o investimento realizado diretamente em títulos públicos e privados. Quando o investidor compra um título de renda fixa, está emprestando dinheiro ao emissor do papel, que pode ser um banco, uma empresa ou até mesmo o governo. Em troca, recebe uma remuneração por um determinado prazo, na forma de juros e/ou correção monetária.

No caso da Renda Variável trata-se de um tipo de investimento que não fornece previsibilidade do ganho, já que possui diferentes fatores que podem impactar no resultado final, como política e economia. No entanto, é o investimento que oferece maiores ganhos, bem como maiores riscos.

Como os investimentos se comportam com a Taxa Selic em alta?

Para fazer uma boa escolha entre as opções de investimento é necessário que se entenda a relação entre a taxa básica de juros e os tipos de aplicação. As alterações na Taxa Selic sempre terão repercussão nos investimentos, em alguns casos, a relação é direta, pois a taxa Selic é usada para calcular a remuneração da aplicação, em outros, acaba tornando alguns ativos financeiros mais interessantes ou menos atraentes.

No caso da Renda Fixa, os investimentos sofrem influência direta da taxa Selic, pois a utilizam como referência para o pagamento de juros, o que quer dizer que, via de regra, quanto maior a Taxa Selic, maiores serão os juros pagos aos investidores. Já a Renda Variável, em geral, perde atratividade e alguns setores da Bolsa tendem a despencar.

Além da avaliação do cenário econômico, aliado aos tipos de investimentos mais vantajosos a cada período, é imprescindível a análise do perfil do investidor. Por isso, o cooperado Uniprime Pioneira pode acionar seu gerente e contar com a ajuda profissional para realizar o melhor investimento.

(Imagem – Banco de imagens)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*