HÉLIO COSTA ENVIA R$ 3,2 MILHÕES PARA O ESPORTE E EDUCAÇÃO DO IFSC

O deputado federal investiu forte nas melhorias do Instituto Federal de Santa Catarina. O parlamentar destinou R$ 3,2 milhões, através de emenda individual e de bancada, para a construção de quadras poliesportivas e execução de obras de acessibilidade nos prédios do IFSC espalhados pelo Estado, garantindo mais conforto e segurança. Os recursos foram indicados às unidades dos municípios de Canoinhas, Palhoça, Tubarão e Araranguá e irão beneficiar quase 6 mil alunos.

Em Canoinhas, no Planalto Norte, está o maior investimento. São R$ 2,7 milhões para a construção da quadra coberta do campus, tão esperada pelos mais de 1 mil alunos. O espaço terá uma área total de 1.315 metros quadrados. Além da quadra poliesportiva coberta, a obra terá arquibancadas, vestiários e salas multiuso, proporcionando ambientes próprios para atividades esportivas, recreativas e pedagógicas. “O esporte é um dos instrumentos mais importantes da educação. E foi pensando nisso que destinamos recursos para a região, contemplando o IFSC de Canoinhas”, disse o deputado.

No Campus Palhoça Bilíngue, na Grande Florianópolis, está sendo construída uma quadra poliesportiva que irá beneficiar os alunos deficientes da região que tem adotado o esporte como forma de inclusão social. O novo espaço, que recebeu R$ 314 mil de emenda, vai melhorar as aulas de educação física dos mais de 1,2 mil alunos dos cursos técnicos integrados e poderá ser usado também para eventos. A expectativa é concluir a obra do equipamento no próximo mês.

Hélio Costa destacou a importância do método aplicado pelo IFSC de Palhoça com aulas de português e libras. “Historicamente, os surdos têm se utilizado do esporte como meio de inclusão. Para eles, movimento é linguagem. Então, a atividade esportiva se torna uma ferramenta importante de bem-estar e de participação na vida ativa. A quadra poliesportiva será diferenciada e muito útil”, finalizou.

Em Tubarão, no Sul do Estado, a bola da vez é a obra de acessibilidade e reconstrução da biblioteca e laboratórios do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). O parlamentar destinou R$ 100 mil para reforma do prédio, o que representa um terço do valor total necessário. O investimento ajudará cerca de 2 mil alunos que estão no universo de 400 mil pessoas da região da Amurel.

“O diretor do IFSC, Henri Carlo Belan, agradeceu os recursos. As obras são de extrema importância para a toda a comunidade escolar do Campus e contemplará itens essenciais para a acessibilidade e segurança dos nossos estudantes. A emenda do deputado Hélio Costa também está contribuindo para a readequação da biblioteca e laboratórios, uma alternativa para contornar a necessidade de ampliação de espaços físicos”.

Em Araranguá, no Extremo Sul, a emenda de R$ 100 mil do deputado serviu para as adequações de acessibilidade. A obra custou aproximadamente R$ 270 mil e mais de um terço dela veio por meio da emenda parlamentar. Trata-se de uma reforma de um bloco com sete laboratórios e de áreas administrativas.

“Esse é um prédio importantíssimo para o desenvolvimento do ensino e pesquisa, principalmente na área têxtil. A edificação apresentava vários problemas que impediam ou dificultavam a realização de atividades. Por isso decidimos investir no Instituto Federal de Araranguá, contribuindo com a formação técnica de jovens e adultos da região do Extremo Sul. Essas obras são importantes para dar condições melhores às pessoas que frequentam a sala de aula”, finalizou.

(Foto: IFSC)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*