Defesa pessoal feminina – Como sair de uma situação de perigo

Lamentavelmente o número de mulheres vítimas de violência continua crescendo ano após ano. Gritos, cantadas ofensivas, “encoxadas” e a ameaça de violências ainda maiores obrigam meninas e mulheres a repensar trajetos e formas seguras de estar no espaço público, no ambiente de trabalho e principalmente dentro dos próprios lares, já que a maioria das agressões ocorre dentro da própria casa ou são cometidas por alguém com quem as vítimas possuíam ou ainda mantêm vínculo afetivo.

As mulheres sofrem com diversos tipos de violência. Não é apenas de violência física que estamos falando. Existem algumas palavras e atitudes podem ferir a autoestima de uma mulher tanto quanto uma agressão física. Mas porque eu estou falando tudo isso? Pois acredito que toda mulher precisa ter acesso a cursos para aprender a se defender e estar emocionalmente blindada para saber como se livrar de situações de perigo.

O que eu quero compartilhar aqui é que mulheres de todos os tamanhos, compleições físicas e níveis de força podem vencer um agressor maior e mais forte, basta estar preparada. É claro que não estamos falando em vencer uma briga, e sim sair de uma situação de perigo, distraindo o agressor ou imobilizando ele por tempo suficiente para poder buscar ajuda ou sair correndo.

É justamente por saber que cada mulher carrega dentro de si uma força incrível e capaz de vencer todos os obstáculos que quero presenteá-las, pela passagem do seu Dia, com um Workshop de defesa pessoal tática feminina, totalmente gratuito, dia 10 de março, no Passeio Pedra Branca, em Palhoça.

Toda minha experiência de faixa preta 4ºDan e de instrutor de mais de uma centena de alunos no Taekwondo, agora quero compartilhar para ajudar as mulheres a viverem uma vida plena e sem violência. Vou ensinar como usar partes do corpo para se auto defender e como treinar a mente para controlar a emoção em uma situação de agressão.

Por fim, faço das palavras de Erasmo Carlos as minhas “Mulher, mulher… sou forte mas não chego aos seus pés”. Feliz Dia Internacional das Mulheres!

Deives Vidart – Professsor de Taekwondo Songahm – ATA Martial Arts

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*